Poema: Se toca

por Loli

Ó, que repúdio tens tu
Quando exibo pétalas cheias de cor
Espinhos
Da minha própria flor;

Ó tu, que tens nojo
Dos meus versos em vermelho
Para ti, meus poemas são tão ácidos…
Desejos metamorfoseados em defeitos

Moço, pro teu mau gosto, eu sou poeta
E minha flor é minha poesia
Eu toco meus versos
Dá prazer fazer rimas

Deixa eu me tocar
Não vem tentar podar meus poemas!
O que eu faço no meu jardim
É apenas meu problema.

loli
​Loli, 15 anos. Distraída e amante de palavras. Pretende virar escritora e música, mas por enquanto só fica 5 horas todos os dias sentada na sala de aula.
Anúncios

o que você acha?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s