Entrevista: Geo

por Helô D’Angelo

“Você me deu o tipo errado de amor/ Era um aluguel/ Juros altos demais, letras miúdas no papel” são alguns dos versos de Tipo Errado de Amor, o primeiro single de Geo. Já deu pra entender o tema, né? Relacionamentos abusivos e como eles corroem a confiança da vítima. É essa – uma mistura de sofrimento, traumas passados, superação – a matéria-prima da cantora de São Paulo que tem sido apelidada pelos fãs de “Lana Del Rey brasileira”. Batemos um papo com ela sobre a cena pop no Brasil, padrões de beleza e como começar uma carreira na arte:

Eu, tu, elas: Quando você começou a cantar? e a escrever canções?
Geo: Eu canto desde criança, mas só fui começar a realmente me interessar, estudar canto e escrever músicas com uns 14 anos.

“Eu não sou magra. E eu passei muito tempo com medo de lançar minhas músicas simplesmente por me sentir insegura com meu corpo” – Geo

De onde vem a inspiração pras suas letras maravilhosas? São experiências pessoais ou histórias de amigas? 
São minhas experiências individuais, mas esperando sempre que as pessoas de identifiquem com elas também. É sempre um processo de exorcismo, algumas experiências me marcam muito e precisam sair lá de dentro. Escrever e compor é muito terapêutico pra mim.

Você é formada em jornalismo. Como tem sido a transição para a música? 
A música sempre esteve em primeiro plano, mas eu demorei muito pra aceitar isso. Sempre foi difícil dizer aos outros que sou uma artista, sempre tive uma barreira pra dizer “cantora” quando perguntando o que eu faço da vida. Acho que com o final da faculdade de jornalismo eu consegui me conhecer muito bem. Antigamente eu era jornalista e fazia bico de artista, hoje eu sei que sou cantora, mas trabalho com comunicação.

“É sempre um processo de exorcismo, algumas experiências me marcam muito e precisam sair lá de dentro. Escrever e compor é muito terapêutico pra mim” – Geo

Como é a cena pop/indie pras minas? Rola muito machismo nesse meio?
É uma cena nova, ainda mais pelo fato de eu ser cantora solo. Tem muita gente que já me disse que eu não faço “música de verdade” só pelo fato de eu me auto-intitular como pop. Sobre machismo, desde que comecei a cantar profissionalmente, tive a sorte de não sofrer com isso, mas a gente sabe que não é assim pra grande maioria das minas (especialmente na cena do rock).

Como incentivar mulheres a entrarem no mundo musical e combater o machismo presente, por exemplo, nos padrões de beleza magro/ branco/ hetero?
Eu não sou magra. E eu passei muito tempo com medo de lançar minhas músicas simplesmente por me sentir insegura com meu corpo. Madonna, Amy Winehouse, Lana Del Rey, Lady Gaga: todas as minhas inspirações eram magras, todas que apareciam na TV eram magras. Pronto, achava que tinha que ficar magra antes de me lançar. Cara, como eu queria que uma cantora gorda naquela época! Hoje eu sou muito resolvida com meu corpo e acho que a melhor maneira de combater os padrões é simplesmente existindo. Indo lá e fazendo, mesmo que você esteja fora do padrão. Seja a artista que você precisava quando você era mais nova, é isso que tento fazer todo dia 🙂

“Tem muita gente que já me disse que eu não faço “música de verdade” só pelo fato de eu me auto-intitular como pop” – Geo

Dizem que você é a Lana Del Rey brasileira. O que você acha disso?
Eu fico lisonjeada porque gosto muito dela! Acho que falam isso pois ambas tem esse visual um pouco vintage e um pouco de tristeza e melancolia nas letras. Ela é uma das minhas inspirações com certeza.

Ouça os dois singles de Geo, “Tipo errado de amor” e “Nunca sua”, aqui.

15966177_1571904572823800_4393172757057007263_n
Helô D’Angelo, 22 anos na cara e fazendo o que pode para viver do que ama: desenho e escrita. Saiba mais sobre ela em seu portfolio: helodangelo.wixsite.com/portfolio
Anúncios

o que você acha?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s